Bash script – Variáveis

Linguagem BASH.

BASH é uma linguagem muito importante para quem quer realmente trabalhar com sistema Linux. Esta linguagem é muito utilizada em scripts para os mais variados fins. Administrar um sistema Linux obriga a conhecer esta linguagem, que pode parecer complicada ao inicio, mas ao dedicarmos algum tempo a aprende-la torna-se simples.

Vou escrever uma série de artigos sobre esta linguagem, é dedicada a quem realmente não sabe nada, mas tem interesse em aprende-la. Todos as artigos terão os scripts de exemplo prontos a serem descarregados, para testar os passos descritos em cada artigo.

Este primeiro artigo é dedicados às variáveis.

Variáveis

Em todas as linguagens de programação existem variáveis. O bash também usa variáveis. Variáveis em programação é basicamente espaço reservado em memoria que é acedido através de um nome de variável. As variáveis servem para guardar algum tipo de valor, seja caracteres, números, palavras, etc. Sempre que queremos guardar algum valor que persista entre várias partes de um script utiliza-se as variáveis.

Para definir uma variável utilizamos a seguinte sintaxe:

[nome da variável]=[valor da variável]

Onde o nome da variável pode conter as letras do alfabeto inglês, algarismos e o underscore.

Maiúsculas
ABCDEFGHIJKLMNOPQRSTUVWXYZ
Minúsculas
abcdefghijklmnopqrstuvwxyz
Algarismos
0123456789
Caracteres
_  (underscore)

O primeiro caractere de uma variável tem que ser uma letra ou o underscore.

O valor pode ser qualquer coisa, pois em bash não existe tipo de dados, até os números são representativos e não binário. Exemplos:

#!/bin/bash
nivel=5
mensagem="Aprendendo bash!"
echo $nivel
echo $mensagem

O “echo” permite escrever o valor de uma determinada variável no terminal. Ao executarmos o script é escrito no terminal o valor da variável “nivel” e da variável “mensagem”.

Para obter o valor de uma variável usamos o caractere “$” antes do nome da variável sem espaços. Ao definir variáveis não podemos deixar espaços em branco antes ou depois do sinal de igualdade.

Podemos definir variáveis com o valor de outra variável desta forma:

#!/bin/bash
x=0
y=3
z=$y
echo $z

O valor da variável y foi copiado para a variável z. Neste momento o valor de z é 3. Ao executarmos o script escreveria 3 no terminal que é o valor de z.

Quando atribuímos um valor a uma variável a variável guarda o seu valor até que o script termine ou até que seja atribuído um novo valor à variável ou que a variável seja destruída.

Para destruir uma variável utilizamos o comando “unset” mais o nome da variável que queremos destruir, desta forma:

#!/bin/bash
nivel=5
unset nivel
echo $nivel

Executando o script acima não escreve nada no terminal pois a variável “nivel” foi apagada.

Para poder executar os exemplos deste artigo, descarregue os ficheiros para uma pasta e depois tem que lhes dar permissão de execução.

Poderá dar permissão de execução pela linha de comando desta forma:

$ chmod +x var_ex_1 var_ex_2 var_ex_3
$ ./var_ex_1

Tendo em conta que os ficheiros estão na raiz da sua pasta pessoal. Caso contrario terá que se mudar para a directório em que estão os ficheiros primeiro:

$ cd ~/directório onde estão os ficheiros
$ chmod +x var_ex_1 var_ex_2 var_ex_3
$ ./var_ex_1

Este artigo é bastante fácil, praticar é melhor forma de se aprender a fazer.

Duvidas e ideias que queiram discutir sobre BASH podem ser discutidas aqui.

Anexos:

Artigos Relacionados:

Deixe uma resposta